Revoluções quanto a origem do Homo sapiens e a sua chegada na América do Norte

Por ND, 15 de novembro de 2017, referindo-se ao artigo do 19/06/17 para http://www.sciencepresse.qc.ca/
bem como ao artigo de F. Belnet (25/06/12) para http://www.hominides.com/

As primeiras populações da América teriam viajado ao longo da costa oeste em direção ao sul

Click!Aquela questão de quando ocorreu a chegada dos primeiros homens no continente americano é uma das mais discutidas nos últimos anos entre as várias equipes de pesquisadores cujos estudos muitas vezes passaram a questionar as propostas de datações anteriores, permitindo que cada vez volte a lançar o debate. A questão é, obviamente, estreitamente correlacionada com as condições climáticas, favoráveis ​​ou não, de acordo com os períodos considerados, para a passagem Ásia-Alasca através do Estreito de Bering e com os achados arqueológicos que atestam da presença humana mais antiga no vasto continente americano.

De acordo com os modelos anteriores, o cruzamento Ásia-Alasca - permitindo um espaço suficientemente grande e viável para não impedir mais o movimento de seres humanos ao longo da borda sul da ponte terrestre do Bering - se tornou libre do gelo só a partir de 15.000 BP (ou seja, 13 000 aC).

Contudo, alguns sitios arqueológicos bem documentados como Monte Verde no Chile e Huaca Prieta no Peru sao antigos de mais de 14.000 anos (BP): se, como sugerem os modelos antigos, a passagem da Ásia para o Alasca era livre de gelo apenas a partir de 15.000 BP, teria sido necessário que os fundadores desses sitios (ou melhor, os ancestrais desses sitios) colonizassem essas áreas a "marcha forçada", atravessando toda a " América do Norte e, em seguida, a América do Sul em menos de mil anos !

As novas estimaçoes a respeito da chegada dos primeiros homens no continente americano tornam esse aspecto muito mais compreensível.

Em primeiro lugar, uma equipe de pesquisadores norte-americanos da Universidade do Oregon já havia publicado em 2012 um estudo na revista Quaternary Science Reviews que já permitiu recuar a data das condições favoráveis para esta passagem a 2.000 anos antes das dataçoes anteriores, isto é, cerca de 17 000 BP.

Agora, de acordo com as últimas estimativas publicadas na imprensa, seria cerca de 24.000 anos para trás (BP), ou seja enquanto a última era do gelo estava no máximo, que os primeiros humanos teriam chegados no continente norte-americano, através do estreito de Bering. O recuar com as estimaçoes anteriores é, portanto, de 10.000 anos!

Ler em contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Primeiros hominídeos publicadas no site.

Será que o homo sapiens tem 400.000 anos?
8 de janeiro de 2018

Será que o homo sapiens tem 400.000 anos?

Em Israel, arqueólogos descobriram oito dentes que parecem pertencer ao Homo sapiens em uma camada datada de 200 mil a 400 mil anos atrás. No entanto, os fósseis humanos mais antigos encontrados até agora remontam a 200 mil anos e são encontrados na África Oriental (ndlr: 300 mil anos agora em Jebel Irhoud em Marrocos!)... Durante vários anos, uma equipe de …

Será que o crânio de Dali corresponde a um Homo sapiens de 260.000 anos?
20 de novembro de 2017

Será que o crânio de Dali corresponde a um Homo sapiens de 260.000 anos?

Um cientista chinês tenta novamente deslocar o berço da humanidade para a China... Em 1978, equipes chinesas encontraram um crânio a 30 km ao norte da cidade de Dali, na província de Shaanxi, no centro da China. O crânio seria datado entre - 267 e - 258.000 anos atrás. Devido a cumes supra-orbitais …

O povoamento da América provavelmente não foi feito pelo Estreito de Bering
6 de novembro de 2017

O povoamento da América provavelmente não foi feito pelo Estreito de Bering

A questão do estreito de Bering como lugar de cruzamento dos primeiros humanos para o continente norte-americano é hoje mais e mais contestada, e em fase mesmo de ser abandonada... De fato, para alguns especialistas eminentes do povoamento da América, os primeiros colonos chegaram …

Os Neandertais sobreviveram pelo menos 3.000 anos mais na Espanha do que se pensava anteriormente

Os Neandertais sobreviveram pelo menos 3.000 anos mais na Espanha do que se pensava anteriormente

27 de novembro de 2017

Muito próximo de nós, Neandertal desaparece misteriosamente no norte da Espanha e no sul da França em torno de 40.000 BP, suplantado por um primo que provavelmente chegou do Oriente Médio dez mil anos antes: o homem de Cro-Magnon (a partir do nome de uma caverna, em Dordogne, França, onde seus primeiros ossos foram descobertos em 1868).

Os Neandertais, no entanto, sobreviveram ao menos 3.000 anos mais do que pensávamos no sul da Península Ibérica, muito mais depois da sua morte em qualquer outro lugar, de acordo com um novo estudo publicado na internet (em acesso aberto). Os cientistas não conseguiram desenvolver uma teoria comum explicando por que essa espécie de hominídeos, mais próxima de nós, desapareceu da Terra há milhares de anos, mas, por outro lado …