Silbannaco: o imperador romano que o tempo esqueceu

Por ND, 15 de novembro de 2017, referindo-se ao artigo de Ellie Cawthorne (16/11/16) para http://www.historyextra.com/

Antoniniano de Silbanaco

Click!A numismática romana testemunha o nome de um usurpador que a História tinha esquecido completamente, um certo Silbannaco.

É possível que a história de Silbanaco se encaixe nestes eventos de 253. Especialistas notaram que o estilo de sua moeda é muito parecido com aquelas que foram emitidas em Roma, provavelmente durante o conflito entre Emiliano e Valeriano. Ele era talvez um dos oficiais de Emiliano, que, após o assassinato desse ultimo, tentou garantir a defesa de Roma contra Valeriano, sem sucesso.

Sua cunhagem provavelmente teve uma duração muito curta e podemos assumir que ele não teve que reinar mais do que alguns dias. Apenas duas moedas vieram até nós para testemunhar a sua existência. Provavelmente, as moedas com a efígie de Silbanaco circularam em Roma e foram parcialmente trazidas para a Gália (onde as cópias foram encontradas) pelas tropas que Galiano liderou em 254 na fronteira do Reno.

Ler em contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Roma imperial publicadas no site.

A representação mais antiga da crucificação de Jesus é uma caricatura
6 de dezembro de 2017

A representação mais antiga da crucificação de Jesus é uma caricatura

Αλεξαμενος ςεβετε θεον - Alexamenos adora a Deus. Uma pichação descoberta em 1857 em uma parede da colina do Palatino, em Roma poderia ser a representação mais antiga da crucificação de Jesus. Ela revela também as provocações comuns dos pagãos contra os Cristãos e os Judeus, na época dos …

Pedras e pontas de flecha revivem a memória de uma guerra antiga em Jerusalém
26 de maio de 2017

Pedras e pontas de flecha revivem a memória de uma guerra antiga em Jerusalém

Desde o ano 68, Vespasiano, desde o momento em que ainda não era imperador, reconquistou a Galiléia. Mas Jerusalém não caiu. A guerra de sucessão em 68-69 que seguiu a morte de Nero levou-o a interromper sua tarefa. Após a sua adesão ao trono no final do ano 69, ele enviou seu filho …

Uma tumba monumental com a mais longa inscrição funerária já encontrada descoberta perto da Porta Stabia em Pompéia

Uma tumba monumental com a mais longa inscrição funerária já encontrada descoberta perto da Porta Stabia em Pompéia

29 de julho de 2017

O combate de gladiadores em Pompéia, que acabou em tragédia, e uma personagem misteriosa, provavelmente associada a esses eventos, surgiu de repente através do epitáfio do túmulo monumental, descoberto no quadro de um projeto para a reabilitação da área de San Paolino, perto da Porta Stabia, um dos acessos à cidade velha. A tumba, erguida pouco antes da erupção, tem uma inscrição de mais de 4 metros de comprimento que, embora não dê o nome do falecido, descreve detalhadamente os principais eventos de sua vida desde a aquisição da "toga virilis" (toga viril) ao seu casamento e descreve as suntuosas atividades que acompanharam tais eventos …