Soldados enterrados que podem ser vítimas de uma arma química antiga

Por ND, 15 de novembro de 2017, referindo-se ao artigo de Stephanie Pappas (8/03/11) para https://www.livescience.com/

Esqueleto de um soldado persa encontrado em túneis de Doura Europos

Click!Um episódio singular do conflito dos Romanos com os Persas, uma guerra subterrânea, foi revelado em Doura Europos. De fato, as primeiras vítimas de uma batalha usando processos químicos foram destacadas pela arqueologia.

Ha dois mil anos atrás, 19 soldados romanos arriscaram-se em túneis para encontrar sappers persas cavando galerias subterrâneas para enfraquecer as muralhas de tijolos da cidade sitiada.

Mas em vez de soldados persas, os Romanos encontraram um muro de fumaça preta tóxica que se tornou ácida. Suas espadas não podiam fazer nada contra esta arma, os Romanos morreram no local, com sua última remuneração mantida em sua bolsa.

Perto, um soldado persa - talvez aquele que criou esse tóxico fogo subterrâneo - também foi morto, tentando desesperadamente remover sua cota de malhas. Estes 20 homens, que morreram em 256, poderiam ser as primeiras vítimas de um ataque químico a serem claramente atestados pela arqueologia.

Ler em contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Roma imperial publicadas no site.

A representação mais antiga da crucificação de Jesus é uma caricatura
6 de dezembro de 2017

A representação mais antiga da crucificação de Jesus é uma caricatura

Αλεξαμενος ςεβετε θεον - Alexamenos adora a Deus. Uma pichação descoberta em 1857 em uma parede da colina do Palatino, em Roma poderia ser a representação mais antiga da crucificação de Jesus. Ela revela também as provocações comuns dos pagãos contra os Cristãos e os Judeus, na época dos …

Pedras e pontas de flecha revivem a memória de uma guerra antiga em Jerusalém
26 de maio de 2017

Pedras e pontas de flecha revivem a memória de uma guerra antiga em Jerusalém

Desde o ano 68, Vespasiano, desde o momento em que ainda não era imperador, reconquistou a Galiléia. Mas Jerusalém não caiu. A guerra de sucessão em 68-69 que seguiu a morte de Nero levou-o a interromper sua tarefa. Após a sua adesão ao trono no final do ano 69, ele enviou seu filho …

Uma tumba monumental com a mais longa inscrição funerária já encontrada descoberta perto da Porta Stabia em Pompéia

Uma tumba monumental com a mais longa inscrição funerária já encontrada descoberta perto da Porta Stabia em Pompéia

29 de julho de 2017

O combate de gladiadores em Pompéia, que acabou em tragédia, e uma personagem misteriosa, provavelmente associada a esses eventos, surgiu de repente através do epitáfio do túmulo monumental, descoberto no quadro de um projeto para a reabilitação da área de San Paolino, perto da Porta Stabia, um dos acessos à cidade velha. A tumba, erguida pouco antes da erupção, tem uma inscrição de mais de 4 metros de comprimento que, embora não dê o nome do falecido, descreve detalhadamente os principais eventos de sua vida desde a aquisição da "toga virilis" (toga viril) ao seu casamento e descreve as suntuosas atividades que acompanharam tais eventos …