Alemanha: uma criança descobre um tesouro talvez ligado a um episódio histórico de um rei dinamarquês do século X

Traduzido por ND, 16 de abril de 2018, referindo-se ao artigo do 16/04/18 para http://www.lesoir.be

O tesouro é composto de centenas de moedas, pérolas, um martelo de Thor, bem como broches e anéis quebrados

O tesouro é composto de centenas de moedas, pérolas, um martelo de Thor, bem como broches e anéis quebrados

O lugar da descoberta

O lugar da descoberta

O tesouro inclui centenas de moedas, cujo as mais recentes remontam à década de 980.

Uma criança de 13 anos e um arqueólogo amador descobriram na ilha alemã de Rügen um tesouro "único" que pode ter pertencido ao rei Harald Dente-Azul, que introduziu o cristianismo na Dinamarca.

O tesouro é composto de centenas de moedas, pérolas, um martelo de Thor, bem como broches e anéis quebrados, relata a agência alemã DPA, citando o arqueólogo amador René Schön e o escritório arqueológico regional.

Schön e o estudante Luca Malaschnitschenko descobriram uma moeda em janeiro, usando um detector de metais em um campo perto da cidade de Schaprode, na ilha de Rügen, no Mar Báltico. E as autoridades locais escavaram o tesouro em 14 e 15 de abril.

Uma centena de moedas parece datar do reino de Haraldo I (910-987). Moedas mais antigas vindas de terras longínquas também foram encontradas, incluindo um Dirham de Damasco transformado em uma joia que remonta a 714.

As peças mais recentes datam da década de 980, o que sugere que esse tesouro poderia ser escondido pela comitiva de Haraldo I que, após perder uma batalha contra seu próprio filho em 986, fugiu para a Pomerânia onde ele morreu um ano depois, de acordo com a literatura do século X.

Ler em contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Idade Média publicadas no site.

A Era Viking teria começado na Dinamarca
12 de março de 2018

A Era Viking teria começado na Dinamarca

Os Vikings desenvolveram seus conhecimentos marítimos navegando entre a Dinamarca e a Noruega. A navegação marítima era importante para eles, e suas longas viagens no mar eram únicas para o seu tempo. Três arqueólogos da Universidade de Aarhus (Dinamarca) e da Universidade de York (Inglaterra) mostraram que as viagens marítimas norueguesas para Ribe, o centro …

Um pente de 1000 anos narra o começo do alfabeto viking
12 de março de 2018

Um pente de 1000 anos narra o começo do alfabeto viking

Um pente de mil anos recentemente descoberto na Dinamarca, com a palavra "pente" inscrita nele, poderia ser uma pista valiosa para a origem do alfabeto viking. Sem dúvida, ninguém tem sido tão exaltado pela descoberta de um pente como o arqueólogo dinamarquês Søren Sindbæk. Ele e sua equipe de …

Descoberta de uma cidade maia de mais de 2000 km² na Guatemala

Descoberta de uma cidade maia de mais de 2000 km² na Guatemala

6 de fevereiro de 2018

É uma descoberta fundamental na redação da história maia. Arqueólogos e pesquisadores conseguiram identificar as ruínas de mais de 60.000 casas, palácios, estradas levantadas e até pirâmides, cobertas durante séculos pela selva do norte da Guatemala com a tecnologia Lidar, revelando a amplitude insuspeita das interconexões entre as cidades.

A descoberta é excepcional. Milhares de estruturas e edifícios maia desconhecidos, escondidos sob o dossel desde séculos, acabaram de ser vistos por arqueólogos. Essas construções em larga escala incluem pirâmides, palácios, centros cerimoniais, mas também obras menos espetaculares, como parcelas cultivadas ou moradias. Todas estão localizadas na selva do norte da Guatemala, e é graças ao uso do Lidar (Light Detection And …