Itália: 'um verdadeiro tesouro' que pode valer milhões de euros descoberto em uma obra em Como

De Nicolas Drouvot, 11 de setembro de 2018, referindo-se à noticia da AFP (8/09/18) no site https://www.huffingtonpost.fr
bem como à noticia de Fabrizio Cassinelli (11/09/18) no site http://www.ansa.it e à noticia de Redazione ANSA (7/09/18) no site http://www.ansa.it

O tesouro de 300 moedas de ouro que datam do final do Império Romano foi encontrado no local de um antigo teatro em Como, no norte da Itália, anunciou o Ministério de Cultura

O "tesouro" de 300 moedas de ouro que datam do final do Império Romano foi encontrado no local de um antigo teatro em Como, no norte da Itália, anunciou o Ministério de Cultura.

As moedas de ouro romanas encontradas em Como

As moedas de ouro romanas encontradas em Como / © Copyright ANSA

A ânfora e as cem moedas de ouro, datadas do quinto século, encontradas em uma obra em Como (Itália) em setembro de 2018

A ânfora e as cem moedas de ouro, datadas do quinto século, encontradas em uma obra em Como (Itália) em setembro de 2018. - Luca Bruno / AP / SIPA

Click!As moedas datam do século V e estavam em uma espécie de ânfora de pedra no porão de um teatro.

É um "tesouro" de 300 moedas de ouro que datam do final do Império Romano que foram encontradas no local de um antigo teatro em Como, no norte da Itália, anunciou o Ministério de Cultura.

As moedas estavam escondidas no porão do teatro Cressoni, perto do local do fórum da antiga cidade de Novum Comum.

Este teatro, inaugurado em 1870, transformado em cinema no início do século XX e encerrado em 1997, deveria ser completamente demolido para permitir a construção de uma residência de luxo.

O recipiente foi descoberto no porão durante as escavações que acompanharam a escavação de uma bacia de água destinada à luta contra o fogo.

"A zona descoberta abrigava as casas particulares dos nobres romanos, a ânfora poderia ter sido escondida nas paredes da casa para impedir o roubo, provavelmente na época da invasão", disse o presidente da Sociedade Arqueológica de Como Giancarlo Frigerio.

"Nós ainda não sabemos em detalhes o significado histórico e cultural desta descoberta, mas esta área é um verdadeiro tesouro para a nossa arqueologia", disse o ministro Alberto Bonisoli no Facebook.

Segundo a imprensa italiana, as moedas podem valer milhões de euros e as autoridades planejam suspender o local para novas escavações, e ninguém pode excluir a presença de outros objetos de valor.

De acordo com a lei italiana, os objetos assim descobertos pertencem ao domínio público, mesmo que o proprietário do terreno possa solicitar uma porcentagem.

"Para mim, este é uma viragem histórica, que marca o caminho da história", disse o ministro da Cultura, Alberto Bonisoli, durante a conferência de imprensa em Milão sobre a descoberta de moedas de ouro dos tempos romanos em Como.

"Ainda não somos capazes de compreendê-lo, mas é uma mensagem que vem de nossos ancestrais".

Não haveria apenas moedas de ouro romanas no vaso encontrado durante a escavação em Como. De fato, no interior, pelo menos três outros objetos foram identificados.

Isto foi explicado por arqueólogos da Superintendência da Lombardia em Milão, numa conferência de imprensa a que assistiu o Ministro do Património Cultural, Alberto Bonisoli.

"Claro, vimos uma barra de ouro - disse um funcionário - e dois outros itens.

Porém, no momento da micro-escavação, temos apenas removido a primeira camada de 27 moedas de aproximadamente 4 gramas de ouro, cunhadas na época do imperador Honório, Valentiniano III, Leão I e Libio Severo, por isso não deve datar além de 474 d.C.

Um lingote certamente sugere um depósito de um órgão público, é improvável que venha de uma pessoa privada. ”

Ler o texto considerado no seu contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Roma imperial publicadas no site.

23 de agosto de 2018

O abraço dos dois imperadores

O abraço dos dois imperadores

Uma cena romana esculpida em pedra descoberta na Turquia mostra dois personagens entrelaçados. Seriam dois imperadores. Em 1999, um terrível terremoto atingiu a Turquia e matou mais de 17 mil pessoas. Seu epicentro está localizado não muito longe da antiga Nicomédia, que foi capital do Império Romano …

Antiguidade: Uma cabeça de cavalo de ouro foi desenterrada na Alemanha
24 de agosto de 2018

Antiguidade: Uma cabeça de cavalo de ouro foi desenterrada na Alemanha

Uma cabeça de cavalo de ouro e outros achados no sítio de Waldgirmes sugerem que os Romanos tinham uma relação surpreendente com as tribos que viviam ao longo da fronteira norte do Império. Depois de quase dez anos de disputas legais, a cabeça de um cavalo em tamanho real …

20 de agosto de 2018

Arqueólogos descobrem a biblioteca mais antiga da Alemanha

Arqueólogos descobrem a biblioteca mais antiga da Alemanha

Escavações arqueológicas realizadas antes da construção de um local de culto protestante levaram à descoberta de um edifício romano com nichos intrigantes. Segundo as últimas descobertas, seria uma biblioteca tendo abrigado quase 20.000 manuscritos.

Um dos mistérios de Colônia está sendo resolvido? Escavações preventivas revelaram as fundações de um antigo prédio na Renânia do Norte-Vestefália no ano passado. Agora sabemos a natureza exata deste edifício romano. Os arqueólogos anunciaram que era uma biblioteca construída pelos Romanos entre 150 e 200 dC, ao sul do Fórum da cidade. As paredes foram descobertas pela primeira vez em 2017, durante uma escavação sob o terreno de um templo protestante no centro da cidade.

Os arqueólogos rapidamente estabeleceram a origem romana do edifício. Mas a presença nas paredes de cavidades medindo cerca de 80 cm por 50 cm surpreenderam os especialistas. "Os nichos eram pequenos demais para levar estátuas …