Em Pompéia, os restos de um enorme cavalo descoberto em uma villa romana

Traduzido por ND, 1 de junho de 2018, referindo-se ao artigo de Laura Geggel do 17/05/18 para https://www.livescience.com

O molde de gesso de um cavalo morto quando o Vesúvio entrou em erupção em 79 dC.

O molde de gesso de um cavalo morto quando o Vesúvio entrou em erupção em 79 dC / Crédito: Parco Archeologico di Pompei.

O molde de gesso de um cavalo morto quando o Vesúvio entrou em erupção em 79 dC.

Observe os dentes do cavalo / Crédito: Parco Archeologico di Pompei.

Click!O cavalo morreu, enterrado sob as enormes quantidades de cinzas que mataram cerca de 30.000 pessoas e destruíram Pompéia.

Agora os arqueólogos acabam de encontrar os restos deste cavalo em um estábulo, em uma villa em Pompéia. A villa está localizada imediatamente fora das muralhas da cidade, ao norte do Parque Arqueológico de Pompeia, em uma área chamada Civita Giuliana. Surpreendentemente, a cavidade coberta de cinzas cavada pelo corpo do cavalo estava tão bem preservada que os pesquisadores conseguiram injetar gesso líquido.

Em outras palavras, o gesso re-inflou "o animal", ou pelo menos sua forma, fazendo com que parecesse a estátua de um cavalo que fica eternamente no seu lado esquerdo contra o chão.

Escavações anteriores descobriram restos de burros e mulas em Pompéia, mas é o primeiro esboço completo de um antigo cavalo descoberto na cidade antiga, de acordo com os arqueólogos.

Comparado a muitos cavalos de hoje, o animal de Pompéia era pequeno, com 1,5 metro de altura ao nível de suas omoplatas. Mas essa altura era notável para os cavalos durante o período romano e sugere que as pessoas criavam cavalos seletivamente na região de Pompeia, de acordo com os arqueólogos.

A equipe de escavação também injetou gesso líquido em outras estruturas do estábulo, o que permitiu aos pesquisadores identificar uma manjedoura. Além disso, encontraram um arnês de ferro com pequenos pregos decorativos de bronze perto do crânio do cavalo, sugerindo que as pessoas estavam interagindo com o cavalo. O animal era provavelmente de grande valor para eles, uma vez que eles o tinham equipado com um arnês de metal, de acordo com os arqueólogos.

É provável que este cavalo pertencia a uma raça nobre de cavalos que participaram de jogos e corridas de circo na época do Império Romano, segundo os arqueólogos.

Ler em contexto

Ultimas noticias

Algumas noticias recentes sobre a categoria Roma imperial publicadas no site.

Pompéia: os restos de um enorme cavalo descoberto em uma villa romana
1 de junho de 2018

Pompéia: os restos de um enorme cavalo descoberto em uma villa romana

O cavalo morreu, enterrado sob as enormes quantidades de cinzas que mataram cerca de 30.000 pessoas e destruíram Pompéia. Agora os arqueólogos acabam de encontrar os restos deste cavalo em um estábulo, em uma villa em Pompéia. A villa está localizada imediatamente fora das muralhas da cidade …

Descoberta de um possível caso de crucificação na Itália
24 de maio de 2018

Descoberta de um possível caso de crucificação na Itália

Um esqueleto de 2.000 anos de idade descoberto na Itália poderia ser o segundo caso documentado de crucificação. Os restos de um homem crucificado foram descobertos na Itália? Isto é o que anuncia uma equipe de pesquisadores das universidades de Ferrara e Florença …

23 de maio de 2018

Descoberta excepcional de uma obra desaparecida de Sêneca, o Velho

Descoberta excepcional de uma obra desaparecida de Sêneca, o Velho

Os serviços da Biblioteca Nacional de Nápoles puseram as mãos sobre um papiro de Herculano, revelando uma parte perdida do trabalho de Sêneca, o Velho.

Com o número 1067, o papiro revela uma descoberta de grande importância. Um documento político assinado por Lucius Manlius Torquatus, um fervoroso defensor de Cícero, executado em 47 aC, revelou um texto de oração muito mais antigo. Seria o trabalho do pai do filósofo Sêneca, que morreu em 39 dC. Um novo exemplo de palimpsesto, um documento sobre o qual alguém reescreveu mais tarde. O diretor da biblioteca, Francesco Mercurio, não deixa de elogiar essa descoberta. Encontrado durante as escavações de Herculano, o papiro foi inicialmente somente uma arenga política …